4 TENDÊNCIAS DE CALÇADO PARA O VERÃO

Nunca fui de seguir tendências no que toca a calçado. Aliás, no que toca a grande parte do vestuário, ao contrário da maior parte das pessoas, gosto de perceber se a tendência funciona para mim - não utilizo algo só porque está nas bocas do mundo. Acho que é o que nos torna um pouco diferentes neste mundo que é a moda (pequeno disclaimer, não sou de todo uma fashion blogger e, infelizmente, não me considero uma pessoa especialmente dotada na arte de criar conjuntos originais e divertidos).

Ainda assim, é impossível não nos deixarmos influenciar um pouco por aquilo que é tendência uma vez que é aquilo que encontramos mais frequentemente nas nossas idas às compras, independentemente de ser ou não aquilo que procuramos. E, ao contrário do que seria de esperar, no calçado a escolha torna-se ainda mais limitada, caso aquilo que nos agrada não esteja dentro das tendências do ano. Portanto, hoje trago 4 tendências de calçado para este Verão que, pessoalmente, me agradam: as flatforms, as espadrilles, os mules e os slides para ajudar nas próximas compras.

FLATFORMS


Começando com os melhores amigos das meninas mais baixas que pretendem ter mais alguns centímetros mas que, tal como eu, não têm qualquer noção de equilíbrio e passariam mais tempo a cair no chão do que propriamente de pé caso tentassem usar saltos normais. Este modelo, para além de muito giro, alonga-nos um pouco as pernas e confere o mesmo conforto que umas sandálias rasas. Um dois em um para usar e abusar durante estes meses mais quentes.

ESPADRILLES

Os espadrilles são uma pequena variação das conhecidas alpercatas - normalmente são atados com tirinhas de corda em torno do nosso tornozelo e são abertas nas laterais do pé. Uma tendência que já não é novidade, mas que este ano ganhou o seu lugar na luz da ribalta e que está a viciar toda a gente. Confortáveis, são ideais para os dias mais frescos do Verão ou para as noites, em que as sandálias não são a melhor opção.

MULES

Que os mules são a peça tendência deste último ano no que toca a calçado, acho que todos já percebemos. Somos perseguidos constantemente por sapatos fechados sem a parte de trás, modelo que, confesso, ainda não me conquistou. Mas, quando se trata de um par de mules com salto alto, não penso duas vezes ao exclamar que são lindas. Um formato super favorecedor para o pé, que tem um je ne se quoi de descontração em simultâneo com bastante elegância.

SLIDES

Por fim, os chinelos que não agradam a toda a gente. Talvez porque não têm o formato mais feminino ou porque parecem os chinelos que utilizávamos nas piscinas municipais, que tanto nos traumatizaram em infância. Seja como for, os slides vieram para ficar, depois de terem entrado em grande no ano passado. Existem inúmeros modelos diferentes para todos os gostos e feitios. Além disso, são super confortáveis para o dia-a-dia e bastante práticos.

Para além destas 4 tendências, que eu considerei as maiores desta estação, também se usará muito sandálias/sapatos forrados com cetim, os atilhos, tanto na sandália como no sapato, as sandálias com todas as cores do arco-íris, sapatos com material entrançado e os relevos florais como ornamentos da sandália. Uma infinidade de tendências que, em conjunto, dão um ar mais colorido e feliz ao nosso conjunto, mesmo que este seja mais simples.  

O que acham destas tendências? Qual é a vossa favorita?

3 BLOGUES PORTUGUESES A SEGUIR

Já repeti e tornei a repetir que acima de tudo gosto de inspirar-vos e partilhar convosco as minhas maiores inspirações e tudo aquilo que mais me inspira. Gosto especialmente quando essas inspirações, por acaso, são provenientes do nosso lindo país. Aliás, e não é só por ser portuguesa que o digo, mas o melhor conteúdo que leio para blogs, mais genuíno e mais trabalhado é através de blogs bem portugueses e, por isso, consequentemente, as minhas bloggers favoritas são portuguesas.

No início do ano partilhei convosco 3 blogs de lifestyle que gosto particularmente, todos eles portugueses de gema; hoje, para reforçar a inspiração que está a meio gás tanto pelo calor como por já estarmos a meio do ano - alguém me explique para onde foi o tempo por favor - trago-vos o que poderia ser a continuação dessa mesma publicação. 3 Blogs Portugueses com imenso para partilhar e para ensinar a cada um de nós.

LOLLY TASTE

A primeira da lista - mas igualmente favorita - é a Vânia do Lolly Taste. Não foi preciso pensar duas vezes antes de carregar no botão de seguir, da primeira vez que por lá passei e também não foi preciso pensar muito para encontrar uma palavra que descrevesse o blog dela - inspirador. É um blog essencialmente focado no estilo de vida saudável, tanto a nível físico como a nível mental. Há por lá imensa partilha, testemunhos de situações muito difíceis às quais a Vânia deu a volta assim como algumas dicas de como adaptarmos a nossa rotina a este estilo de vida. Se procuram motivação, um exemplo a seguir e uma companheira de treinos virtual, então este é o blog indicado para vocês.

THE PAPER AND INK

Dos três blogues que vos trago hoje, o The Paper and Ink da Joana é aquele que sigo há mais tempo e que já pertence a esta lista de blogs a seguir desde que o descobri. Este é um blog sobre lifestyle no mais puro sentido da palavra - a Joana escreve sobre moda, beleza e sobre sítios que descobre no seu dia-a-dia. Fala sobre aquilo que a motiva e as suas convicções e assume-se como feminista e anti body-shaming. Uma rapariga que sabe aquilo que está a fazer tanto no ramo da fotografia - e que fotografias lindas ela tira - como na escrita. Se não conhecem, é sem dúvida uma falha muito grande no vosso blogroll.

BOBBY PINS

Por fim, mas não menos importante, a Inês do Bobby Pins é a minha última recomendação. Dos três, foi o blog que descobri mais recentemente e que demorei algum tempo a visitar. Cruzei-me diversas vezes com o nome, sempre acompanhado de inúmeros elogios e sempre pensei que fosse um daqueles blogs demasiado louvados, sem qualquer razão. Um grande erro! O blog da Inês é escrito de uma forma impecável, com publicações cheias de sentimento que nos deixam de coração quentinho. Fala sobre os mais variados temas, desde viagens a literatura, reflexões sobre temas bastante actuais e sempre com um conselho ou uma palavra sábia a dar.

Já conheciam estas três bloggers? O que acham dos blogs delas?

Não se esqueçam que há um passatempo a decorrer no meu blog, para ganharem dois produtos da Oriflame! Para verem melhor do que se trata, passem AQUI!

SÉRIES // RIVERDALE

As séries da Netflix são, sem sombra de dúvida, aquelas que correm as bocas do mundo inteiro assim que saiam, sejam de qualidade ou não. Tomando como exemplo 13 Reasons Why, da qual vos falei também por aqui, é certo e sabido que qualquer série que nos próximos tempos esteja disponível na Netflix seja devorada compulsivamente por pessoas como eu - devoradoras de séries. A série de que vos falo hoje, Riverdale, foi-me recomendada por uma leitora e, apesar de não me ter cativado quando vi o trailer da mesma, decidi dar-lhe uma oportunidade.

Esta série começa com o desaparecimento de Jason, um rapaz bastante popular e membro da família mais poderosa de uma pequena cidade, onde toda a gente se conhece – Riverdale. O desaparecimento deste rapaz desencadeia uma onda de desconfiança e mistério nesta cidade e, a partir daqui, toda a trama se desenrola. Um grupo de amigos do secundário irão tentar descobrir o que terá acontecido ao rapaz e desvendam histórias chocantes sobre alguns membros da cidade que os levarão a questionar a harmonia em que a cidade vivia até ao momento.


Tenho que vos admitir que, ao contrário do que esperava quando vi o trailer, esta série é boa. É uma espécie de Pretty Little Liars – que nas primeiras temporadas me fazia roer as unhas de suspense e depois se tornou aborrecidíssimo por não desenvolver - mas com menos reviravoltas. Até porque no final da temporada conseguimos descobrir aquilo que realmente aconteceu com o Jason, o que, para  mim, é excelente. Aquilo que torna esta série mais rica são as personagens com personalidades bastante diferentes, provenientes de diferentes seios familiares, que nos mostram uma perspectiva diferente sobre a história e sobre a forma como a sociedade trata cada pessoa de acordo com as suas origens. Além disso, a história tem alguns plot twists – enquanto algumas portas se abrem e alguns mistérios são desvendados, outras portas fecham-se e mais questões surgem - que contribuem para que continuemos com vontade de ver a série e descobrir aquilo que se passou realmente.

Achei que algumas cenas foram um tanto ou quanto forçadas – as cenas amorosas entre as personagens principais ou o facto de um grupo de adolescentes descobrirem mais que o próprio xerife da cidade, por exemplo. A nível técnico, a série também não traz nada de novo. A fotografia é muito normal e a banda sonora não nos arrebata. Ainda assim, recomendo esta série - que até agora tem apenas uma temporada - se gostarem de uma história misteriosa quanto baste e que tenha algum drama e romance envolvido.

"Sarcastic humor is just my way of relating to the world"

Conhecem esta série? Qual é a vossa série da Netflix favorita?

Não se esqueçam que há um passatempo a decorrer no meu blog, para ganharem dois produtos da Oriflame! Para verem melhor do que se trata, passem AQUI!